OUÇA AO VIVO!
Jornal da Tarde 18:00h às 19:00h
Chuva 23° | Vilhena - RO   00:00:00 | 16 de Abril
OUÇA AO VIVO
Jornal da Tarde 18:00h às 19:00h
18/09/2023 12:07:04

Vilhena deve registrar temperaturas recordes nos próximos dias; maior temperatura do estado deve ser em Cacoal

 Na maior cidade do Cone Sul a máxima deve chegar a 38°C

 

Uma massa de ar extremamente quente vai cobrir o Brasil nos próximos dias. Já faz muito calor neste começo de semana em várias regiões do país, mas na segunda metade da semana a massa de ar se reforça ainda mais com temperatura atipicamente elevadas que podem variar entre 40°C a 45°C, mesmo calor intenso não sendo incomum nestas áreas do território nacional no mês de setembro.

Trata-se de uma situação de elevado perigo pela severidade do calor esperado e que demandará atenção das autoridades.   Serão vários estados em que o calor será muito intenso a extremo.

Segundo os meteorologistas, o ápice do calor está previsto para o próximo final de semana, entre os dias 23 e 24 de setembro.

O Clima Tempo divulgou a previsão de temperatura média para as próximas semanas em Rondônia. Cidades como Ji-Paraná deve registrar, entre esta semana e a próxima, temperatura média de 40°C. Em Cacoal a maior temperatura deve ser registrada na terça-feira, 26, quando a máxima deve chegar a 41°C.

Vilhena, conhecida como o município de clima mais agradável no estado, também deve sofrer com as altas temperaturas. Na maior cidade do Cone Sul os termômetros devem marcar nos últimos dias do mês de setembro temperaturas que podem variar entre 36°C a 37°C, com pico de 38°C na terça-feira, 26.

De acordo com dados da estação meteorológica automática do Instituto Nacional de Meteorologia (INMET) no município, em operação desde 26 de agosto de 2008, a maior temperatura já registrada em Vilhena chegou a 36,7 °C, em 29 de agosto de 2017, superando o recorde de 36,5 °C em 18 de setembro de 2010.

A massa de ar quente vai afetar com força e marcar perto ou acima de 40ºC outros estados, por exemplo, o Paraná, Mato Grosso do Sul, São Paulo, Mato Grosso, Rio de Janeiro, Minas Gerais, Goiás, Distrito Federal, Amazonas, Pará, Tocantins, Bahia, Piauí e Maranhão.

 

 

FONTE: EXTRA DE RONDÔNIA




Notícias Relacionadas

© todos os direitos reservados
Desenvolvido por Billtech