OUÇA AO VIVO!
Pop x Rock 19:00h às 21:00h
Parcialmente nublado 24° | Vilhena - RO   00:00:00 | 16 de Abril
OUÇA AO VIVO
Pop x Rock 19:00h às 21:00h
19/03/2024 14:57:37

Dentista alerta sobre os perigos de compartilhar bomba de tereré

 Prática serve como porta de entrada para transmissão de bactérias e vírus

O tereré é uma bebida tradicional sul-matogrossense feita com erva-mate e água gelada, uma escolha refrescante e popularmente consumida também no estado de Rondônia. No entanto, o hábito cultural de compartilhar a bomba de tereré pode colocar a saúde em risco, como alerta a dentista e professora do curso de Odontologia da UNINASSAU Cacoal, Zilanda Martins.

Entregar a mesma bomba de tereré para várias pessoas pode facilitar a transmissão de bactérias e vírus. Segundo Zilanda, a saliva é um meio de transporte para esses microrganismos e o compartilhamento da bomba da bebida pode ser uma maneira rápida de espalhá-los. A docente destaca a importância de conscientizar as pessoas sobre os riscos envolvidos. "Essa bebida é uma forma de aliviar o calor, mas é fundamental entender que certos hábitos podem ter consequências negativas para a saúde bucal. Precisamos repensar essa prática", afirma.

O ato frequente realizado em rodas de amigos também pode aumentar o risco de infecções virais, como herpes labial e infecções bacterianas, que afetam não apenas a saúde bucal, mas, também, a geral. “A saliva pode transmitir, por exemplo, o vírus do herpes e, quando há ferimento com sangue presente na boca, pode transmitir também a Hepatite B. Já houve casos de transmissão de vírus da caxumba na bomba de tereré compartilhada”, explicou a professora.

Diante disso, a dentista recomenda que as pessoas adotem medidas simples para reduzir esses riscos. Uma delas é ter a própria bomba, evitando compartilhá-la com outras pessoas. Se o compartilhamento for inevitável, é importante garantir que o objeto seja higienizado adequadamente entre cada uso. "Ao adotar práticas mais seguras ao dividir a bebida, podemos desfrutar desse hábito sem comprometer nossa saúde", disse a professora.

É essencial que a conscientização se espalhe entre os consumidores da bebida a fim de proteger não apenas os sorrisos, mas, também, o bem-estar geral de todos os envolvidos.

Aline Boone-Assessoria de Imprensa/UNINASSAU Cacoal

At.te.

Aline Boone

Assessoria de Imprensa

(69) 3311-1950 | Ramal: 1107714

http://facimed.edu.br 




Notícias Relacionadas

© todos os direitos reservados
Desenvolvido por Billtech