OUÇA AO VIVO!
COMANDO DA MADRUGADA 01:00h às 04:00h
Tempo limpo 19° | Vilhena - RO   00:00:00 | 19 de Junho
OUÇA AO VIVO
COMANDO DA MADRUGADA 01:00h às 04:00h
25/08/2021 13:41:14

Não se pode deixar o controle da epidemia apenas por conta das vacinas, afirma Confúcio Moura

O senador Confúcio Moura (MDB-RO), presidente da Comissão Temporária da Covid-19 (CTCovid-19) nessa terça-feira (24/08), em pronunciamento durante a Sessão Deliberativa (semipresencial), afirmou que é preciso responsabilidade neste momento de pandemia e que não possível abrir tudo de uma só vez, numa situação que pode parecer e pode se desenvolver de forma inadequada e dramática nas próximas semanas ou meses.

O parlamentar, explicou que há mais de um ano não entrava no Plenário da Casa, falou da satisfação de encontrar os colegas, que só os via por videoconferência. Confúcio aproveitou para relatar o debate importante da audiência pública da Comissão Temporária da Covid da última sexta-feira (20) com alguns especialistas que discutiram sobre a variante Delta no Brasil e no mundo.

De acordo com o senador, a variante Delta, originada na Índia e detectada em outubro de 2020, está espalhada em 148 países; a variante Gama, surgida no Brasil, a P1, está em 82 países; a variante africana, da África do Sul, que é a Beta, está em 138 países; e a variante do Reino Unido está em 190 países, e alertou que embora as vacinas sejam muito importantes, elas não são 100% eficazes, e todos sabem disso.

Confúcio Moura enfatizou que não se pode deixar o controle do vírus apenas por conta das vacinas, até porque a cobertura em duas doses no Brasil ainda está relativamente baixa. Para ele, a imunidade de rebanho é quase uma miragem e difícil de ser alcançada por vários motivos. “Primeiro, porque é uma doença altamente transmissível e depois, porque as vacinas não protegem totalmente contra a infecção. Elas são boas para prevenir a hospitalização e a morte, mas elas continuam permitindo a circulação do vírus”, explicou.

O parlamentar citou algumas medidas importantes para superar essa crise sanitária, uma dela é a redução da transmissão com o fortalecimento das estruturas de enfrentamento à pandemia no SUS, particularmente o rastreamento dos casos, os contatos para isolamento e quarentena para quebrar as redes de transmissão da doença.

 

Ao finalizar, Confúcio Moura lembrou que mesmo em Israel, com 80% da população vacinada com duas doses, a variante Gama entrou naquele país e aumentou o número de mortes, de hospitalizações, de intubação e de ocupação em vagas de UTI, portanto é muito importante que o Brasil tome mais cuidados.

 

Foto: Agencia Senado

Fonte: Assessoria




Notícias Relacionadas

© todos os direitos reservados
Desenvolvido por Billtech