Sexta-feira, 23 de Julho de 2021

Boa tarde!

00:00:00

Início » Notícias » Reta final: Vilhena alcança 80% de cobertura vacinal contra gripe H1N1

Reta final: Vilhena alcança 80% de cobertura vacinal contra gripe H1N1

28 de Maio de 2019

Postinho do Cristo Rei terá central de vacinação aberta até as 22h nesta semana

O Setor de Imunização da Secretaria Municipal de Saúde informou nesta segunda-feira, dia 27, que o alcance da cobertura vacinal contra a gripe H1N1 chegou a 80% no último relatório expedido pela Atenção Básica do município, na sexta-feira, 24. Nesta semana de reta final, o postinho de saúde do Cristo Rei, Lírio Hoesel, ficará com o setor de vacinação aberto até as 22h durante os próximos 4 dias.

“É muito importante que todos fiquem atentos aos públicos que precisam ser vacinados com prioridade. Nossa meta está quase sendo batida, mas também faltam poucos dias para a campanha acabar. A gripe H1N1 é perigosa e todos devemos nos proteger”, revela a coordenadora da Atenção Básica, Ana Carla Andreola.

O Ministério da Saúde definiu os públicos alvos prioritários e, assim, forneceu aos municípios as doses que correspondem à quantidade de pessoas dentro de cada grupo destes.

Devem receber a vacina: pessoas com mais de 60 anos, crianças com mais de 6 meses de idade e menos de 6 anos, gestantes, mães com bebês de até 45 dias de vida, pessoas com necessidades especiais, portadores de doenças crônicas, professores, profissionais da saúde e profissionais das forças de segurança e salvamento. A orientação é que cada um deve levar sua caderneta de vacinação.

Estes grupos somam um total de 20.510 pessoas. A Prefeitura tem divulgado a campanha por meio de entrevistas em rádios, televisões e sites de notícias, bem como nas unidades de saúde e nas redes sociais. Foi elaborado também aviso às famílias das 12 mil crianças da rede municipal de educação, além de a Prefeitura prestar informações locais à imprensa que reproduz material da campanha nacional e estadual.

PRECONCEITO PERIGOSO - Mesmo assim o preconceito contra a vacinação é uma das maiores lutas dos profissionais da Saúde. Alguns acreditam erroneamente que a vacina pode fazer mal. No entanto, deixar de tomar a vacina deixa a pessoa desprotegida e pode representar sérias consequências para a criança ou adulto.

 

“Orientamos a todos que façam a vacinação, não apenas da gripe, mas que aproveitem a oportunidade para atualizar sua caderneta de vacinação. Estamos à disposição para proteger todos os grupos prioritários, mas a população precisa nos procurar. Contamos com a compreensão de todos para manter Vilhena saudável e segura”, explica Ana Carla.

 

Fonte: Semcom

Compartilhe esta notícia
Reta final: Vilhena alcança 80% de cobertura vacinal contra gripe H1N1


Onda Sul de Rondônia

Apoiamos causas contra a divulgação de materiais ilegais, caluniosos, danosos, abusivos, ameaçadores, discriminatórios, terroristas, vulgares, obscenos ou ainda condenáveis de qualquer tipo ou natureza que sejam prejudiciais a menores.
Onda Sul de Rondônia - Um noticiário a serviço da comunidade
Desenvolvido por Tecmarte & Guiaking © Copyright 2013 - Todos os diretos estão reservados
Site desenvolvido por