OUÇA AO VIVO!
h às h
Parcialmente nublado 23° | Vilhena - RO   00:00:00 | 17 de Agosto
OUÇA AO VIVO
h às h
26/06/2014 08:12:24

Mãe luta para conseguir cirurgia ocular para filho menor de idade

 A equipe de reportagem foi até o endereço da criança e conversou com mãe sobre doença de seu filho.

A mãe conta que o problema de filho começou quando ele furou o olho com um prego. “Na época procurei o Hospital Regional de Vilhena e o médico deu apenas uma olhadinha e aplicou um remédio. Ele disse que teria que levar meu filho para a cidade de Porto Velho. Porém não encontramos vaga na ambulância”, disse.

Segundo a mãe ele precisou vender alguns eletrodomésticos para conseguir encaminhar seu filho até a capital.

Ao chegar em Porto Velho, foi dada entrada no Hospital João Paulo. A criança passou pela observação do médico que dessa vez disse que ele precisaria de uma cirurgia. Porém, ela não poderia ser feita naquele momento. Alguns remédios foram passados e como a mãe não possui parentes na cidade de Porto Velho, ela retornou para Vilhena.

“Eu sei que fui umas três vezes a Porto Velho para poder fazer a cirurgia do meu filho, o mesmo doutor que o atendeu a primeira vez, disse que iria fazer a cirurgia na Policlínica Oswaldo Cruz, só que ao chegar lá o medico disse que não iria mais operar, por que isso precisa de uma preparação. Voltei para Vilhena sem nenhuma mudança no quadro do meu filho.

Segundo o médico, a criança perfurou o olho e vazou um liquido, o qual é uma cirurgia de muito risco e para fazer essa correção precisará anestesiar todo corpo. Irão retirar o olho, remover o líquido que vazou, e vão implantar uma lente de contato, caso essa lente de contato rejeitar, ele perdera a visão mesmo fazendo a cirurgia.

Toda essa movimentação em viagens consultas e remédios foram tudo com meu próprio recurso, eu tive uma ajuda mínima da Secretaria da Assistência Social, me deram duas passagens só uma pra levar meu filho e eu, o resto foi tudo por minha conta.

 Essa cirurgia para fazer meu filho tem um custo de R$ 20,000 reais. Eu não tenho condições financeiras a bolsa família que recebo é de apenas R$ 175,reais e os R$ 30 reais que meu outro filho ganha por dia vendendo picolé. Isso da apenas para comer e comprar os remédios do meu bebê.

Meu pedido é ajuda para poder realizar essa cirurgia para meu filho mesmo sabendo quemeu filho poder não voltar a enxergar, é um sofrimento, mas a esperança minha e do meu filho é voltar a enxergar como toda criança e voltar a brincar.

Segundo a mãe da criança o médico relatou no laudo “Quanto maior a demora da cirurgia a chances de recuperação dos olhos diminui”.

 

 

Por: Petter Vargas
Fonte: Onda Sul FM




Notícias Relacionadas

17/08/2022 16:51:22
SOS MEDIC TELEMEDICINA!
© todos os direitos reservados
Desenvolvido por Billtech