Sábado, 18 de Agosto de 2018

Boa tarde!

00:00:00

Início » Notícias » Vendedora embriagada toca o terror no Centro e acaba presa pela Polícia Militar

Vendedora embriagada toca o terror no Centro e acaba presa pela Polícia Militar

30 de Janeiro de 2017

 Vendedora saiu da delegacia em alta velocidade, fazendo zigue-zague e ao ser abordada resistiu a prisão

O caso foi registrado na noite deste domingo, 29 de janeiro, na avenida Major Amarante, em frente a empresa Sulmov, no Centro de Vilhena.

Tudo começou quando uma vendedora foi com seu veículo Chevrolet Corsa Wind de cor vinho até a Delegacia de Polícia Civil acompanhada de outros dois homens e começou a discutir com um desses pelo suposto furto de um aparelho celular na chácara do Raimundo.

Na delegacia, eles começaram a discutir e antes mesmo que pudesse ser presa por policiais civis, a condutora empreendeu fuga pela avenida Major Amarante sentido ao bairro 5° Bec, em visível estado de embriaguez, fazendo zigue-zague na avenida.

Uma guarnição da Polícia Militar deu ordem de parada a mesma, em frente a praça Ângelo Spadari, mas a vendedora empreendeu fuga, colocando em risco a vida de terceiros, sendo abordada ao adentrar na contramão da rua Presidente Médice, em frente a empresa Sulmov.

Abordada, a mulher disse ser vendedora de uma conceituada loja de roupas na cidade e assumiu ter ingerido bebidas alcoólicas, mas negou-se em fazer o teste do bafômetro. Com a chegada da viatura da Polícia de Trânsito (P-Tran) a mulher resistiu a prisão, jogando-se no chão e gritando, pedindo ajuda aos populares, dizendo que não era bandida e não poderia ser presa.

Após muito trabalho, os militares conseguiram detê-la e conduzi-lá para Delegacia de Polícia Civil, onde continuou gritando e acabou autuada em flagrante após o médico legista constatar embriaguez na mesma. O automóvel foi recolhido ao pátio do Ciretran.

Compartilhe esta notícia
 Vendedora embriagada toca o terror no Centro e acaba presa pela Polícia Militar


Onda Sul de Rondônia

Apoiamos causas contra a divulgação de materiais ilegais, caluniosos, danosos, abusivos, ameaçadores, discriminatórios, terroristas, vulgares, obscenos ou ainda condenáveis de qualquer tipo ou natureza que sejam prejudiciais a menores.
Onda Sul de Rondônia - Um noticiário a serviço da comunidade
Desenvolvido por Tecmarte & Guiaking © Copyright 2013 - Todos os diretos estão reservados
Site desenvolvido por