Segunda-feira, 20 de Novembro de 2017

Boa tarde!

00:00:00

Início » Notícias » Policial mantinha menor de 15 anos em cárcere privado em Porto Velho

Policial mantinha menor de 15 anos em cárcere privado em Porto Velho

10 de Janeiro de 2017

 O policial Arlindo D.C.L., 42, foi preso na noite deste domingo após agredir e manter um menor de apenas 15 anos em cárcere privado por mais de 3 horas. A filha do policial também foi agredida por ele. O homem estava com sintomas de embriaguez, de acordo com a PM, negou-se atender os militares e só saiu de sua residência após a chegada de um delegado da Polícia Civil.

A ocorrência narra que um adolescente de 15 anos conseguiu fazer ligação ao pai informando que estava algemado dentro de uma residência nas proximidades do 6º. A PM foi acionada e seguiu ao local.

Na casa, Arlindo disse que chegou em casa e encontrou a filha e o menor no local e que o rapaz o teria agredido, por isso o algemou na janela. O agente da Polícia não permitiu a entrada dos militares, dizendo que só o faria após a chegada de seus superiores.

A guarnição decidiu acionar o oficial do dia, que manteve contato com a Central de Flagrantes. Dois agentes foram enviados, mas mesmo assim Arlindo não saiu de casa e não liberou ninguém. Exigiu em seguida a presença da perícia.

Após a realização de perícia na casa, um delegado ainda teve que ir ao local para fazer com que as partes seguissem para a Central. O policial quis ir na viatura da Civil.

O policial disse ao delegado que o menor havia tentado estuprar a filha.

 

Na delegacia, o jovem agredido afirmou que era muito amigo da filha do policial e que pediu para que a jovem guardasse a bicicleta dele. Os dois foram surpreendidos no interior da residência pelo policial que os agrediu.

A menor, na presença da mãe e de uma policial civil disse que havia guardado a bicicleta do amigo e que foram surpreendidos pelo pai, que chegou descontrolado e agrediu os dois. Ela tinha lesão no olho e joelho direito e negou qualquer tentativa de abuso sexual, garantindo categoricamente que são apenas amigos.

 

O policial suspeito disse à guarnição que poderia ter feito mais contra o menor e ainda ameaçou o pai dele.

Um telefone da menor, que teria provas das agressões, desapareceu, segundo a ocorrência.

 

FONTE: Folha Nobre

Compartilhe esta notícia
 Policial mantinha menor de 15 anos em cárcere privado em Porto Velho


Onda Sul de Rondônia

Apoiamos causas contra a divulgação de materiais ilegais, caluniosos, danosos, abusivos, ameaçadores, discriminatórios, terroristas, vulgares, obscenos ou ainda condenáveis de qualquer tipo ou natureza que sejam prejudiciais a menores.
Onda Sul de Rondônia - Um noticiário a serviço da comunidade
Desenvolvido por Tecmarte & Guiaking © Copyright 2013 - Todos os diretos estão reservados
Site desenvolvido por