Sábado, 17 de Novembro de 2018

Boa tarde!

00:00:00

Início » Notícias » Índice de câncer de pele em RO está acima da média nacional, aponta SBD

Índice de câncer de pele em RO está acima da média nacional, aponta SBD

26 de Novembro de 2013

Índice da doença em RO é de 15% da população; índice nacional é de 10%. Dados são da Sociedade Brasileira de Dermatologia.

Cerca de 15% da população rondoniense tem algum tipo de câncer de pele, de acordo com o coordenador estadual da campanha de prevenção ao câncer de pele vinculada a , o dermatologista Silmar Camarini. Segundo ele, o índice é considerado alto, tendo em vista que em todo o país cerca de 10% da população tem a doença. Diante disso, a Santa Casa de Misericórdia de Ji-Paraná (RO) realiza no próximo sábado (30) exames preventivos contra o câncer de pele de forma gratuita para a população do município. Os atendimentos serão feitos entre às 9h e 15h. A entidade é o único posto de atendimento do estado credenciado junto à Sociedade Brasileira de Dermatologia.

O médico explica que o alto índice da doença no estado se dá devido às características da população, vindas das regiões sul e sudeste do país, que tem pele geralmente mais clara, além dos trabalhadores do campo expostos ao sol forte da região. “Temos muitos motoristas, ambulantes e agricultores que ficam expostos continuamente ao sol, muitas vezes sem utilizar o protetor solar, e esta exposição é comprovadamente a maior causa de câncer de pele”, afirma o dermatologista Camarini.

O auxiliar de construção Edmilson Vergara afirma nunca ter se preocupado em se prevenir dos raios solares, mesmo trabalhando diariamente exposto ao sol. “A gente procura usar um chapéu e mais roupa quando o sol está muito forte, mas protetor solar eu nunca nem vi de perto”, diz o trabalhador.

A dermatologista Alessandra Dalla Marta afirma que algumas características são indicadores de uma possível patologia, como pessoas que tiveram casos de câncer de pele na família, queimaduras solares, sardas, muitas pintas, pele clara, que não conseguem se bronzear, feridas no corpo que não cicatrizam, pintas mudando de cor ou crescendo, pessoas acima de 65 anos ou que já tiveram câncer. A indicação é que, diante de qualquer dos sintomas, o médico seja consultado. “Se descoberto a tempo, o câncer de pele tem 98% de chance de cura”, afirma Alessandra.

Segundo a Santa Casa de Misericórdia de Ji-Paraná, na campanha de 2012, 544 pessoas forma consultadas e 86 delas diagnosticadas com alguma forma de câncer de pele. “É importante começar imediatamente o tratamento para buscar êxito e a cura do câncer, pois quando ele invade o organismo as possibilidades de cura são de menos de 2%”, explica Marta Kooper, presidente fundadora da Santa Casa.

Fonte: G1 RO

Compartilhe esta notícia
Índice de câncer de pele em RO está acima da média nacional, aponta SBD


Onda Sul de Rondônia

Apoiamos causas contra a divulgação de materiais ilegais, caluniosos, danosos, abusivos, ameaçadores, discriminatórios, terroristas, vulgares, obscenos ou ainda condenáveis de qualquer tipo ou natureza que sejam prejudiciais a menores.
Onda Sul de Rondônia - Um noticiário a serviço da comunidade
Desenvolvido por Tecmarte & Guiaking © Copyright 2013 - Todos os diretos estão reservados
Site desenvolvido por