Segunda-feira, 25 de Junho de 2018

Boa tarde!

00:00:00

Início » Notícias » Eleições 2018: Bolsonaro pode disputar Presidência por partido de condenado no mensalão

Eleições 2018: Bolsonaro pode disputar Presidência por partido de condenado no mensalão

09 de Maio de 2017

Valdemar Costa Neto foi preso e condenado no mensalão, por corrupção passiva e lavagem de dinheiro, em 2012.

Embalado pelos bons resultados nas pesquisas eleitorais e com “passe valorizado” entre as legendas, o deputado federal Jair Bolsonaro acelerou as negociações para trocar seu partido atual, o PSC, pelo “Muda Brasil”.

Apesar da ficha corrida de Costa Neto, a consolidação de Bolsonaro no segundo lugar da preferência do eleitorado para as eleições presidenciais de 2018 acelerou as negociações com a nova sigla, de acordo com a Folha.

Valdemar Costa Neto foi preso e condenado no mensalão, por corrupção passiva e lavagem de dinheiro, em 2012. Lançará dois à Câmara e um, Flávio Bolsonaro, ao Senado.

“José Renato da Silva, presidente do “Muda Brasil”, é quem está formalmente à frente da criação da legenda”. José Renato afirma que já foram entregues 486 mil assinaturas exigidas para que o partido seja criado. Ele atuou em 2014 na prestação de contas da campanha de Eduardo Bolsonaro.

 

Fonte: TomarTv

Compartilhe esta notícia
Eleições 2018: Bolsonaro pode disputar Presidência por partido de condenado no mensalão


Onda Sul de Rondônia

Apoiamos causas contra a divulgação de materiais ilegais, caluniosos, danosos, abusivos, ameaçadores, discriminatórios, terroristas, vulgares, obscenos ou ainda condenáveis de qualquer tipo ou natureza que sejam prejudiciais a menores.
Onda Sul de Rondônia - Um noticiário a serviço da comunidade
Desenvolvido por Tecmarte & Guiaking © Copyright 2013 - Todos os diretos estão reservados
Site desenvolvido por