Sábado, 20 de Outubro de 2018

Boa tarde!

00:00:00

Início » Notícias » Perdas na soja chegam a 60 mil toneladas em Campo Novo do Parecis; Três mil hectares estão embaixo d'água

Perdas na soja chegam a 60 mil toneladas em Campo Novo do Parecis; Três mil hectares estão embaixo d'água

17 de Fevereiro de 2017

 A chuva que ocorre a cerca de cinco dias em Campo Novo do Parecis deverá provocar uma perda de 60 mil toneladas de soja que ainda estão para ser colhidas, uma vez que produtores não conseguem entrar com o maquinário em suas lavouras. O Sindicato Rural do município revela que aproximadamente três mil hectares estão embaixo d’água, sendo a maior parte de milho e milho pipoca. Prejuízos ainda são quantificados.

Entre os dias 08 e 10 de fevereiro foram registrados 310 milímetros de precipitação. O volume é maior que o esperado para o mês de fevereiro. O município contabiliza cerca de três mil habitantes atingidos pela chuva, que se arrastou pelo final de semana.

Campo Novo do Parecis é conhecido pela diversificação da produção de segunda safra, que envolve milho, milho pipoca e girassol. De acordo com a gerente do Sindicato Rural do município, Vera Garcia, cerca de três mil hectares de lavoura estão em baixo d’água.

 

“A maior parte destes três mil hectares alagados são de milho e milho pipoca. Há alguns casos de soja pronta para colher também embaixo d’água”, comenta Vera Garcia ao Agro Olhar.

Em termos de perda de produção, a estimativa é que em soja sejam 60 mil toneladas aproximadamente. “Essa perda em questão da soja é decorrente aos cinco dias ininterruptos de chuva, pois os produtores não conseguem entrar com as máquinas nas lavouras. Isso acarreta não apenas perda de produção, mas também em qualidade, excesso de umidade no grão”.

Em Campo Novo do Parecis foram plantados 365 mil hectares de soja na safra 2016/2017 e entre milho 2ª safra e milho pipoca existe uma previsão de 220 mil hectares para serem semeados.

Ainda segundo a gerente do Sindicato Rural, as perdas de modo geral, tanto em produção, área quanto em valores, ainda estão sendo levantados. Vera comenta ainda que há ainda a perda do adubo colocado no solo.

Conforme o Agro Olhar comentou, entre as propriedades inundadas está a da presidente do Sindicato Rural, Giovana Velke. Ela revelou à reportagem neste domingo, 12, que 400 hectares de milho foram atingidos pela chuva e que pelo menos metade da produção está perdida.

O agrometeorologista da Rural Clima, Marco Antônio dos Santos, comentou ao Agro Olhar na semana passada que há previsão para Mato Grosso de "muita chuva no Estado" entre os dias 13 e 18 de fevereiro, "com até mesmo alguns dias de tempo bastante fechado e chuvoso, a tal invernada".

Compartilhe esta notícia
Perdas na soja chegam a 60 mil toneladas em Campo Novo do Parecis; Três mil hectares estão embaixo d'água


Onda Sul de Rondônia

Apoiamos causas contra a divulgação de materiais ilegais, caluniosos, danosos, abusivos, ameaçadores, discriminatórios, terroristas, vulgares, obscenos ou ainda condenáveis de qualquer tipo ou natureza que sejam prejudiciais a menores.
Onda Sul de Rondônia - Um noticiário a serviço da comunidade
Desenvolvido por Tecmarte & Guiaking © Copyright 2013 - Todos os diretos estão reservados
Site desenvolvido por