Quarta-feira, 20 de Junho de 2018

Boa tarde!

00:00:00

Início » Notícias » TJRO mantém condenações de acusados de fraudes em licitação em Cabixi

TJRO mantém condenações de acusados de fraudes em licitação em Cabixi

28 de Setembro de 2017

Érico Jorge foi condenado a 12 anos e 8 meses de reclusão, em regime fechado; Enéias Jacinto foi condenado a 3 anos, em regime aberto; José Carlos, a 4 anos de detenção; e Givanildo Antônio, a pena de 4 anos e dois meses de detenção, em regime semiaberto.

Érico Jorge da Cunha Batista (ex-chefe de gabinete da Prefeitura de Cabixi), Enéias Jacinto da Silva, José Carlos de Almeida e Givanildo Antônio Sbaraini tiveram a condenação mantida pelos desembargadores da 1ª Câmara Especial do Tribunal de Justiça de Rondônia. Eles são acusados por fraude em licitação de transporte escolar contra o município de Cabixi.

Érico Jorge foi condenado a 12 anos e 8 meses de reclusão, em regime fechado; Enéias Jacinto foi condenado a 3 anos, em regime aberto; José Carlos, a 4 anos de detenção; e Givanildo Antônio, a pena de 4 anos e dois meses de detenção, em regime semiaberto.

Foram absolvidos das acusações José Rozário Barroso (ex-prefeito), Selma de Almeida Lima, Denize Bastiani, Heverti Pires Bueno e Geneci Salete Pires Bueno.

Os veículos utilizados para transportar estudantes na zona rural do município de Cabixi foram contratados diversas vezes por meio de licitações fraudulentas, tendo como a pessoa central Érico Jorge da Cunha Batista, que, supostamente, utilizava laranjas para passar como os legítimos donos dos veículos.

Para o relator, desembargador Oudivanil de Marins, as provas não deixaram dúvidas de que os réus agiram dolosamente. No caso de Érico Jorge, não cabe a absolvição, nem a redução de pena. Ele agiu dolosamente, de forma contínua nos sete fatos de licitação, com abuso de poder e a organização dos crimes com outras pessoas. Os fatos delituosos, o abuso de poder e de organização renderam uma pena 12 anos e 8 meses de reclusão.

Apelação Criminal n. 0002385-13.2011.8.22.0012. Este recuro foi julgado no dia 21 deste mês.

 

Foto: Divulgação

Fonte: Assessoria de Comunicação Institucional

Compartilhe esta notícia
TJRO mantém condenações de acusados de fraudes em licitação em Cabixi


Onda Sul de Rondônia

Apoiamos causas contra a divulgação de materiais ilegais, caluniosos, danosos, abusivos, ameaçadores, discriminatórios, terroristas, vulgares, obscenos ou ainda condenáveis de qualquer tipo ou natureza que sejam prejudiciais a menores.
Onda Sul de Rondônia - Um noticiário a serviço da comunidade
Desenvolvido por Tecmarte & Guiaking © Copyright 2013 - Todos os diretos estão reservados
Site desenvolvido por