Sábado, 20 de Outubro de 2018

Boa tarde!

00:00:00

Início » Notícias » Rio Madeira baixa para 3,62 metros e Delegacia Fluvial proíbe viagens noturnas com comboios

Rio Madeira baixa para 3,62 metros e Delegacia Fluvial proíbe viagens noturnas com comboios

08 de Agosto de 2018

Segundo a PRF, apesar do rio com cota baixa, o fluxo de veículos na região continua dentro da normalidade, mas equipe tem feito monitoramento constante.

O Rio Madeira baixou mais e chegou a cota de 3,62 metros nesta terça-feira, em Porto Velho, o que já coloca em risco a navegação em diversos pontos. Para manter a segurança do tráfego e resguardar vidas, a Delegacia Fluvial da Capital publicou uma portaria restringindo as viagens noturnas por parte das embarcações que conduzem comboios.

Segundo o capitão Alexandre Nascimento, delegado fluvial, como o nível do rio está abaixo de 4 metros, as normas de segurança já exigem que as embarcações tenham mais cautela e evitem navegar a noite. “Nós publicamos a portaria n° 31, restringindo a navegação noturna por parte das embarcações que conduzem comboios”, esclarece o capitão, afirmando que as pequenas também devem preferir seguir viagem durante o dia.

Morador de Rio Branco, capital do Acre, o autônomo Antônio Santos saiu de Humaitá (AM) no dia 31 de julho e chegou em Porto Velho no último domingo (5). “Durante toda a viagem passamos por vários bancos de areia. Praia no meio do rio mesmo. O barco viaja bem devagar para não ficar encalhado”, relatou Antônio ao Rondoniagora.

Já na região de Abunã, onde os veículos precisam fazer a travessia em balsas, máquinas ficam no local para ajudar no tráfego. O rio também está bem baixo, mas não há congestionamentos. Três balsas atravessam os veículos de uma margem para outra do rio e muitos caminhões ficam presos no local.

 

Segundo a PRF, apesar do rio com cota baixa, o fluxo de veículos na região continua dentro da normalidade, mas equipe tem feito monitoramento constante.

 

Foto: Ponta Do Abunã II

Fonte: Rondoniagora

Compartilhe esta notícia
Rio Madeira baixa para 3,62 metros e Delegacia Fluvial proíbe viagens noturnas com comboios


Onda Sul de Rondônia

Apoiamos causas contra a divulgação de materiais ilegais, caluniosos, danosos, abusivos, ameaçadores, discriminatórios, terroristas, vulgares, obscenos ou ainda condenáveis de qualquer tipo ou natureza que sejam prejudiciais a menores.
Onda Sul de Rondônia - Um noticiário a serviço da comunidade
Desenvolvido por Tecmarte & Guiaking © Copyright 2013 - Todos os diretos estão reservados
Site desenvolvido por