Sábado, 17 de Novembro de 2018

Boa tarde!

00:00:00

Início » Notícias » Nono dígito chega aos celulares de Rondônia

Nono dígito chega aos celulares de Rondônia

01 de Junho de 2016

  Até o dia 7 de junho, as ligações marcadas com oito dígitos ainda serão completadas.

A partir deste domingo, o nono dígito começa a valer para os telefones das áreas com DDD entre 61 e 69. Os estados são Acre, Goiás, Mato Grosso, Mato Grosso Sul, Rondônia, Tocantins, além do Distrito Federal. A medida tem entre seus objetivos aumentar a disponibilidade de números na telefonia celular, dar continuidade ao processo de padronização das chamadas e garantir os números para novas aplicações e serviços. Os planos de numeração dos serviços de telefonia fixa não sofrerão alterações, permanecendo com códigos de acesso com oito dígitos.

 

O dígito 9 (nove) deverá ser acrescentado à esquerda dos atuais números, que passarão a ter o seguinte formato: 9xxxx-xxxx. Até o dia 7 de junho, as ligações marcadas com oito dígitos ainda serão completadas, para adaptação das redes e dos usuários. Esse período é chamado de duplo convívio. Gradualmente, haverá interceptações, e os usuários receberão mensagens com orientações sobre a nova forma de discagem. O período de transição será de 8 de junho a 5 de setembro. Após esta data, as chamadas marcadas com oito dígitos não serão mais completadas. O Brasil registrou, em março deste ano, 257,81 milhões de linhas ativas na telefonia móvel, das quais eram 3.384.204 em Mato Grosso do Sul, 4.182.574 em Mato Grosso, 8.590.453 em Goiás, 5.616.455 no Distrito Federal, 1.877.082 no Tocantins, 2.161.208 em Rondônia e 805.323 no Acre.

 

Aplicativos

 

Para facilitar a transição para o novo formato numérico, a maioria das operadoras criaram aplicativos que acrescentam o número 9 automaticamente à esquerda dos números salvos na agenda do usuário. Veja no quadro ao lado alguns aplicativos de smartphone para acrescentar o 9° dígito a números de telefonia celular.

Compartilhe esta notícia
Nono dígito chega aos celulares de Rondônia


Onda Sul de Rondônia

Apoiamos causas contra a divulgação de materiais ilegais, caluniosos, danosos, abusivos, ameaçadores, discriminatórios, terroristas, vulgares, obscenos ou ainda condenáveis de qualquer tipo ou natureza que sejam prejudiciais a menores.
Onda Sul de Rondônia - Um noticiário a serviço da comunidade
Desenvolvido por Tecmarte & Guiaking © Copyright 2013 - Todos os diretos estão reservados
Site desenvolvido por