Segunda-feira, 17 de Dezembro de 2018

Boa tarde!

00:00:00

Início » Notícias » Americano sobrevive a raio, picada de cobra, ataque de macacos e até de tubarão

Americano sobrevive a raio, picada de cobra, ataque de macacos e até de tubarão

07 de Agosto de 2013

 

 

 

 Erik Norrie pode ser o homem mais sortudo ou mais azarado dos Estados Unidos, dependendo do ponto de vista. O americano já foi atingido por um raio, levou uma picada de cobra cascavel e foi agredido por dois macacos, mas escapou praticamente ileso as três vezes.


No último dia 29 de julho, Norrie também sobreviveu a um ataque de tubarão nas Bahamas, mas dessa vez ele não teve tanta sorte.

O americano, dono de uma empresa que faz pintura de barcos, havia saído para pescar nas Ilhas Abaco e estava nadando de volta ao barco onde estava sua família quando foi surpreendido pelo tubarão.

"Eu senti um enorme puxão na minha perna", disse Norrie ao jornal americano Daily News.

— Quando olhei para trás, vi o tubarão rasgando minha perna. Ele estava balançando a cabeça e tentando comê-la.

O animal chegou a arrancar um pedaço da perna esquerda do americano de 40 anos, antes de ele conseguir se afastar, se debatendo na água, e chegar até a praia.

— Havia sangue esguichando em várias direções, jorrava sangue.

Após receber os primeiro socorros, Norrie foi levado de helicóptero para o Hospital Jackson Memorial, em Miami, onde passou por uma cirurgia. Dois dias depois, médicos enxertaram dois pedaços de pele nas áreas afetadas pelas mordidas, coxa e panturrilha. Segundo os médicos, a recuperação provavelmente levará meses.

Essa foi a quarta vez que Norrie escapou da morte.

Quando tinha apenas dez anos, ele estava embaixo de uma árvore de carvalho quando foi atingido por um raio durante uma tempestade. O então menino saiu ileso do incidente, a não ser pelo grande susto.

Cerca de três anos depois, já adolescente, Norrie passou duas semanas na UTI, e quase perdeu a perna direita, depois de ser mordido por uma cobra cascavel quando estava andando com amigos em um campo de golfe.

Em outras duas ocasiões o americano foi atacado por macacos. A primeira delas foi durante uma viagem de trabalho ao Brasil. Norrie estava na Amazônia e passou muito perto do animal, que lhe deu um “soco na cabeça”, conta ele.

A segunda foi em uma fazenda em Honduras, quando, por brincadeira, sua mulher o trancou em uma gaiola com um macaquinho bem irritado.

— Ele saltou na minha cabeça e no meu peito, me mordeu e atirou minhas próprias chaves em mim.

Do lado de fora da gaiola, a mulher de Norrie não teve pressa em ajudar o marido, segundo ele.

— Ela tirou fotos e ficou dando risada.



Fonte: R7

 

Compartilhe esta notícia
Americano sobrevive a raio, picada de cobra, ataque de macacos e até de tubarão


Onda Sul de Rondônia

Apoiamos causas contra a divulgação de materiais ilegais, caluniosos, danosos, abusivos, ameaçadores, discriminatórios, terroristas, vulgares, obscenos ou ainda condenáveis de qualquer tipo ou natureza que sejam prejudiciais a menores.
Onda Sul de Rondônia - Um noticiário a serviço da comunidade
Desenvolvido por Tecmarte & Guiaking © Copyright 2013 - Todos os diretos estão reservados
Site desenvolvido por