Quinta-feira, 14 de Novembro de 2019

Boa tarde!

00:00:00

Início » Notícias » NA ONDA DO 'FAKE NEWS' E COMPETITIVIDADE DIGITAL, A HUMANIZAÇÃO TEM SE DISTANCIADO

NA ONDA DO 'FAKE NEWS' E COMPETITIVIDADE DIGITAL, A HUMANIZAÇÃO TEM SE DISTANCIADO

23 de Agosto de 2019

Ao mesmo tempo em que a tecnologia une as pessoas, distancia–se o contato.

ARTIGO

Ao mesmo tempo em que a tecnologia une as pessoas, distancia-se o contato, nos incapacitando de discernir entre o que é real e o fake.

Um mundo virtual e tecnológico, porém, entre pessoas e, é exatamente neste ponto de vista que a estratégia de marketing tem que se nortear, na essência da humanização, ou seja, vender menos ‘produtos’ e proporcionar mais ‘sorrisos’, afinal, mesmo caminhando para a inteligência artificial, somos todos seres humanos.

Compreendo que a utilização do marketing nesta perspectiva, seja possível vender mais e fidelizar mais, é notório que as pessoas compram mais de quem realmente lhe proporcione um valor individual, uma ligação emocional com a marca.

Empresas e influenciadores digitais a cada passo, caminham para o entendimento de que, o que propagam, tem que ser ‘real’, não dá para se vender visando apenas os interesses financeiros, algo com foco nos lucros, é preciso proporcionar felicidade as pessoas, tem que haver uma troca de valores e confiabilidade, clientes precisam estar verdadeiramente satisfeitos.

A tecnologia trouxe a possibilidade das empresas se relacionarem à distância com seus clientes, encurtando barreiras, mas, é preciso compreender que o marketing humanizado é primordial na fidelização do cliente, é necessário tornar as marcas mais próximas das pessoas.

É crucial buscar formas de estabelecer um elo confiável entre empresa e cliente através do marketing pessoal e o digital, construir um marketing de relacionamento utilizando de estratégias que possam entender o comportamento do consumidor, ao mesmo tempo é preciso reaver os princípios éticos e corporativos, isto é, vender aquilo que realmente faça as pessoas felizes.

“Gato por lebre” não vende sorrisos. Ou seja, “Na era digital. Empresas precisam vender sorrisos reais”.

 

Jomar de Souza Siqueira

Graduação superior de Tecnologia em Marketing

MBA em Gestão Estratégica de Publicidade e Propaganda

Mestrando em Direção Estratégica de Marketing

Compartilhe esta notícia
NA ONDA DO 'FAKE NEWS' E COMPETITIVIDADE DIGITAL, A HUMANIZAÇÃO TEM SE DISTANCIADO


Onda Sul de Rondônia

Apoiamos causas contra a divulgação de materiais ilegais, caluniosos, danosos, abusivos, ameaçadores, discriminatórios, terroristas, vulgares, obscenos ou ainda condenáveis de qualquer tipo ou natureza que sejam prejudiciais a menores.
Onda Sul de Rondônia - Um noticiário a serviço da comunidade
Desenvolvido por Tecmarte & Guiaking © Copyright 2013 - Todos os diretos estão reservados
Site desenvolvido por